2011/04/29 (Sexta-feira - Domingo) - Da Aldeia Presépio à Serra do Açor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

2011/04/29 (Sexta-feira - Domingo) - Da Aldeia Presépio à Serra do Açor

Mensagem  CAAL em 2011-04-14, 22:29


O CAAL volta ao Piódão em colaboração com a Revista ITINERANTE


O Piódão é uma das mais bonitas e isoladas Aldeias Históricas de Portugal.

Em plena Serra do Açor, construída num espaço hostil, a povoação acompanha uma encosta bastante íngreme, harmoniosamente integrada na paisagem.

A beleza da aldeia, com as suas casas construídas em xisto e distribuídas em anfiteatro, conjugada com a iluminação nocturna, deu-lhe o merecido nome de Aldeia Presépio.

É neste ambiente que se integra uma unidade hoteleira de montanha da Inatel, de grande qualidade, também ela construída em xisto, de onde partiremos para os nossos dois maravilhosos passeios.

No sábado teremos dia cheio, percorrendo grande parte do Caminho do Xisto da Benfeita, de grande beleza natural, com passagem pela espectacular Fraga da Pena e pela beleza única da Mata da Margaraça, considerada como o último reduto de vegetação original do Centro do país.

No domingo teremos um passeio muito bonito e fácil, com passagem e final no Piódão, que poderemos visitar demoradamente à hora do almoço.

Ao início da tarde iniciaremos a viagem de regresso, estando prevista a chegada a Lisboa logo pelas 18h00.

É um fim-de-semana a não perder, com dois percursos em paisagem de grande beleza natural e rural, com um horário folgado, para relaxar de forma activa.

30 de Abril - Sábado - Da Benfeita à Mata da Margaraça



Este trilho circular inicia-se na Aldeia do Xisto da Benfeita e decorre quase sempre ao longo de ribeiras em vales de difícil acesso, mas cultivados à custa de muito esforço humano, através dos tempos.

Por isso o percurso tem paisagens muito variadas, com zonas agrícolas - muitas vezes em socalcos artificiais - e outras de floresta.

No início segue-se a subir pelo bonito vale da Barroca do Vale, ao longo das margens da ribeira, por trilhos de pé posto, antigos caminhos rurais e escadas de pedra.

A partir do cimo da crista rochosa, onde a paisagem para o vale é deslumbrante, segue-se pelo vale que acompanha a Barroca do Sardal, passando pela aldeia, e depois pelo que acompanha a Barroca de Degrainhos, onde se encontra a Fraga da Pena, de grande beleza natural com as suas cascatas entre a vegetação, já na Área Protegida da Serra do Açor.

A partir daqui segue-se por trilho de pé posto até Pardieiros, depois por estrada de terra e a seguir de pedra, até à Casa Grande da Mata da Margaraça, onde faremos um Percurso Interpretativo, podendo-se neutralizar.

Continua-se até ao ponto de partida pelo vale da Ribeira da Mata da Margaraça, muitas vezes caminhando ao longo das levadas.

De regresso à Inatel, poderemos recuperar forças na piscina coberta aquecida, na sauna ou no jacuzzi, terminando o dia com um jantar de confraternização.

Características do percurso: Percurso de dificuldade média, com o total de 15,5 km (incluindo o Percurso Interpretativo da Mata da Margaraça); ascensão total de 940 m, com possibilidade de neutralização aos 9km com piso não muito difícil, mas a exigir o uso de botas.

1 de Maio – Domingo –Do Piódão à Ribeira de Chãs de Égua


Este trilho quase circular inicia-se na Inatel, seguindo-se para a aldeia do Piódão, passando junto à Igreja Matriz.

É um passeio bastante acessível e muito bonito pela Encosta da Eirinha, na Serra do Açor, quase sempre por antigos caminhos rurais.

Percorrem-se as ruas estreitas do Piódão, dominadas pelo xisto, para pouco depois se seguir, sem grandes declives, pela encosta que acompanha a Ribeira do Piódão, por trilhos de pé posto muito bonitos, tanto pela vegetação que os acompanha, como pela grandiosa paisagem da serra e do vale onde corre a ribeira.

O percurso segue depois na direcção da Ribeira de Chãs de Égua, iniciando-se a descida quando se entra no vale.

Já perto desta ribeira, acompanha-se o correr da água até ao local onde ela se encontra com a Ribeira do Piódão, numa zona onde ambos os vales são bastante estreitos e profundos.

Inicia-se então o regresso, bastante perto da linha de água, vencendo uma subida longa mas pouco acentuada até se chegar novamente ao Piódão, onde teremos tempo para almoço livre e visita à aldeia, antes do regresso a Lisboa.

Características do percurso: Percurso de dificuldade baixa com o total de 7,2 km, ascensão total de 350 m.

Cartografia: Folhas 232 e 233 da Carta Militar de Portugal, na escala 1/25000 do IGE.

Partida:
Sexta, 29 de Abril, às 19h00 de Algés e às19h15 de Sete Rios.

Alojamento:
Na unidade hoteleira de montanha da Inatel, no Piódão, em quartos duplos.

Participação em viatura própria: Contactar a secretaria do Clube.

O preço inclui
o transporte, o seguro, o alojamento por 2 noites na Unidade Hoteleira da Inatel no Piódão em quarto duplo com pequeno-almoço e o jantar de sábado.

É imprescindível a inscrição no Clube. As inscrições são limitadas.

Preços:

Autocarro 93,00€ Menores 21 anos 69,00€

Para saber mail sobre nós visite-nos em:
http://clubearlivre.org/destaque
avatar
CAAL

Mensagens : 80
Data de inscrição : 23/06/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum