2010/05/01 - Flores, Fragas, Aromas e Sorrisos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

2010/05/01 - Flores, Fragas, Aromas e Sorrisos

Mensagem  caminheiro em 2010-04-27, 21:23



Grande evento de montanha que se realizará no próximo dia 1 de Maio,
Sábado, naquela que será, muito provavelmente, a mais encantadora região do país – Trás-os-Montes.
Venha connosco….

Designação: Flores, Fragas, Aromas e Sorrisos
Dia, hora e local da actividade: 01.05.2010; 10:00h ; Justes
Coordenadas: 41º 35” 33 N 07º 61” 83 W
Distância a percorrer: 14Km
Dificuldade: Moderada/Baixa
Declives pouco acentuados
07:45: efacec (parque C)

Data limite das inscrições:29.04.2010 - 5ª Feira

Taxa de Inscrição:
Sócios: 5 Euros
Não Sócios: 12,5 Euros
A taxa de inscrição Inclui:
- Transporte.
- Enquadramento técnico/logístico.
- Lembrança.

Com transporte próprio:Dia, hora e local de encontro :
01.05.2010 | 10:00 | Justes – na A.C.R.D.Justes (junto à antiga escola e ao campo de futebol)
Coordenadas: 41º 35" 33 N 07º 61 83 W
Nota: A taxa a pagar será de 5€ N/sócios e 3€ Sócios
Com o nosso transporte:
Dia, hora e local de encontro:01.05.2010 | 07:45 | efacec (parque C)
Coordenadas: 41º 19” 72 N 08º 63” 18 W
Nota: A taxa a pagar será de 5€ sócio e 12,50 n/sócios

Inscrições:
Emails: secretaria.adefacec@efacec.pt
manuel.maia@efacec.com;
f.beca@efacec.com
Telo: 229562433;917449907;917159204
Justes
Freguesia portuguesa do concelho de Vila Real, com 8,64 km² de área e 432 habitantes (2001). Altiva, rude e airosa, contempla, a cerca de 750 metros de altitude, todo o vale do rio Pinhão. Das 30 freguesias do concelho, é a 17.ª em área, a 26.ª em população residente e a 23.ª em densidade populacional (50,0 hab/km²). Situada a 12 Km a norte da capital de Trás-os-Montes teve povoamento pré-histórico. No seu vasto território possui um único e encantador lugar - Justes.
Direi, sem exageros, que a espectacularidade natural da paisagem, aliada à diversidade do património encontrado e à simpatia das suas gentes, constituem os principais atributos para uma atenta, demorada e interessante visita...
E será, no primeiro dia de Maio, que teremos o privilégio, de caminhar por terras onde o nosso Camilo Castelo Branco, no livro, o degredado, um dia escreveu :
“...Nas noites nevadas, as alcateias dos lobos descem à aldeia e cevam a sua fome nos rebanhos, se vingam descancelar as portas dos currais; à míngua de ovelhas, co­mem um burro vadio ou dois, consoante a necessidade.
Se não topam alimária, uivam lugubremente, e embrenham-se nas gargantas da serra, iludindo a fome com raposas ou gatos bra­vos marasmados pelo frio. Foi ali que eu me familiarizei com as bestas-feras; ainda assim, topei-as depois, cá em baixo, nos matagais das cidades, tais e tantas que me eriçaram os ca­belos..."Camilo, que passou os melhores dias da sua infância, em Trás-os-Montes.

A Marcha

Dias amenos e coloridos, em tons fortes de verde, pincelados a lilás, amarelo, encarnado e castanho. Dias que estão sempre a crescer. O Sol brilha com mais intensidade. Os pássaros aconchegam os filhotes nos ninhos. As noites não são tão frias. Os aromas são mais intensos. Aliás, tudo é mais intenso e duradoiro.
É Maio, mês das flores...
É Maio, mês dos sonhos!

Dia 1, faremos a nossa caminhada uma vez mais, naquela que será, talvez, a mais bonita de todas as províncias portuguesas - Trás-os-Montes. Justes acolher-nos-á. Percorreremos, em marcha, sempre guiada, trilhos seculares de ligação entre aldeias. De Justes caminharemos até à Torre de Pinhão, daí, e depois de atravessarmos uma imponente ponte Celta sobre o rio Pinhão, subiremos até Souto Secarão. Do alto da capela da Senhora da Conceição apreciaremos a espectacular paisagem sobre a nova barragem do rio Pinhão. De Souto Secarão até Fundões calcorrearemos uma calçada, cuja perfeição, dimensão, estado de conservação e antiguidade nos remetem até ao império romano. Trata-se, segundo os historiadores, de uma magnífica calçada romana. Será porventura uma descida admiravelmente lenta e surpreendentemente contemplativa. Chegados à aldeia de Fundões, iremos observar numa habitação, enigmáticas e seculares inscrições em pedra. Uma antiquíssima e bela fonte associa-se ao património. Novamente, tomaremos o rio Pinhão. Pelas margens que o ladeiam e num trilho feito por pescadores, caminharemos sempre ao seu lado. Certamente sentiremos a sua bravura no seu grito e usufruiremos seguramente da sua frescura e sobretudo da sua inquietante paz e muita tranquilidade. Chegados a Justes, ainda apreciaremos a antiga e singular igreja, o Santuário da Senhora de Lurdes, assim como o canastro que protege e observa atentamente a fonte dos namorados! Tudo isto se passará num verdadeiro cenário de sonho, onde a variedade da vegetação que integralmente complementa a paisagem, se unirá definitivamente à multiplicidade dos sons, silêncios, brisas, reflexos, aromas e sorrisos...sempre puros, simples e radiosos!
Flores, Fragas, Aromas e Sorrisos tentará levar até si todo o carinho e encanto do transmontano, reflectido na imponência bela e mágica das suas paisagens. Dia 1, deixe-se acompanhar e venha connosco. Venha a Justes sentir Trás-os-Montes!


Promoção de comportamentos de vida saudável e feliz
avatar
caminheiro

Mensagens : 72
Data de inscrição : 31/03/2008
Idade : 53
Localização : Alenquer

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum